Morre aos 66 anos, o jornalista Ricardo Boechat

Faleceu no início da tarde desta segunda-feira (11), o jornalista da TV Bandeirantes e da rádio Band News, Ricardo Boechat, vítima de um acidente de helicóptero no Rodoanel, na região da Via Anhanguera, em São Paulo.

O helicóptero caiu em cima de um caminhão no km 22 da Rodovia Anhanguera, sentido interior, com o Rodoanel, no início desta tarde e acabou explodindo, causando a morte de Boechat e do piloto da aeronave, Ronaldo Quattrucci

A concessionária CCR Rodoanel Oeste, responsável pela administração da via, relatou que o motorista do caminhão ficou ferido e foi urgentemente socorrido.

Notícia da morte confirmada

A informação foi confirmada pelo governo do estado e pelas redes sociais do grupo Bandeirantes:

“É com profunda tristeza e consternação que nós, da Rádio BandNews FM, comunicamos a morte do nosso amigo e âncora de todas as manhãs, Ricardo Boechat”, disse um post publicado no perfil da Rádio BandNews no Twitter.

José Luiz Datena, apresentador e colega de emissora, anunciou a morte do colega às 13h51 durante programação da Band.

“Com profundo pesar, desses quase 50 anos de jornalismo, cabe a mim informar a vocês que o jornalista, amigo, pai de família, companheiro, que na última quarta, que eu vim aqui apresentar o jornal, me deu um beijo no rosto, fingido que ia cochichar alguma coisa, e, no fim, brincalhão como ele era, falou: ‘É, bocão, eu só queria te dar um beijo’. Queria informar aos senhores que o maior âncora da televisão brasileira, o Ricardo Boechat, morreu hoje num acidente de helicóptero, no Rodoanel, aqui em São Paulo”, disse o apresentador às lágrimas.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os corpos ficaram carbonizados. A aeronave era um Bell Helicóptero, fabricado em 1975.

“Atualizando de Queda de Aeronave BELL PPHPG. Confirmando, 3 Vítimas no total, das quais 2 Vítimas foram encontradas carbonizadas e 1 Vítima (motorista do caminhão) foi socorrida pela Concessionária – CCR. Fogo extinto. #193I”, comunicou o perfil do Corpo de Bombeiros no Twitter.

De acordo com informações do portal “G1”, Boechat concedeu uma palestra a representantes da indústria farmacêutica em Campinas, no interior do estado, na manhã desta segunda e retornava a São Paulo por volta das 12h. O jornalista deveria realizar um pouso no heliponto da Band, no Morumbi, Zona Sul da capital paulista.

Atualmente, Ricardo Boechat estava no comando do “Jornal da Band” e do programa da Rádio Band News, “Café com Jornal” e tinha uma coluna na revista “Isto É”.

O jornalista de 66 anos deixa a esposa, Veruska Seibel e seis filhos: Valentina, 12 anos, e Catarina, 10 anos, Bia, 40 anos, Rafael, 38 anos, Paula, 36 anos, e Patrícia, 29 anos, sendo esses 4 últimos, frutos do seu primeiro casamento com Claudia Costa de Andrade.

Trajetória Profissional

Antes de brilhar na apresentação de telejornais e programas do Grupo Bandeirantes, Boechat trabalhou nos principais veículos de comunicação e jornais do país, como “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil”. O jornalista também foi comentarista do telejornal “Bom Dia Brasil”, da TV Globo.

Considerado um dos principais âncoras de telejornais da TV brasileira, Ricardo Boechat ganhou três vezes o “Prêmio ExxonMobil de Jornalismo”, referência no jornalismo brasileiro.

Comentário Fechado.